O Que é Scalping – Estratégia de Trading em 2021

Avatar
O Que é Scalping – Estratégia de Trading

Um trader de sucesso é aquele que consegue ganhar dinheiro no mercado financeiro com consistência. Para isso ele aprende e aperfeiçoa vários processos operacionais. Nesse artigo vamos abordar uma das técnicas mais utilizadas por traders, conhecida por scalping.

Embora seja muito utilizada por instituições financeiras e hedge funds através de HFTs (high-frequency trading ou Negociações de alta frequência), nosso foco será no entendimento de como você pode utilizá-la para maximizar seus ganhos.

Scalping- A Técnica de Buscar Movimentos Curtos

O scalping é uma estratégia de day trading em que o trader procura por movimentos curtos no mercado, buscando por pequenas variações de preços. Sua intenção é de conseguir ganhar dinheiro de forma rápida, evitando ficar posicionado por longos períodos, diminuindo assim o risco da operação. Essa técnica envolve comprar e vender ações, futuros ou Forex, utilizando a análise técnica ou leitura de fluxo.

Como Funciona o Scalping?

Os scalpers acreditam que é mais fácil e menos arriscado do ponto de vista da volatilidade do mercado lucrar com pequenos movimentos nos preços das ações ou futuros em vez de correr o risco de confiar em grandes movimentos. As vantagens dessa técnica consiste em lucro rápido, controle de perdas e possibilidade de várias operações durante uma tendência.

No jargão do mercado financeiro, o trader que faz scalping é chamado de scalper.

Análise de Mercado Para Scalping

Os que adotam este estilo de operação confiam na análise técnica em oposição à análise fundamentalista. A análise técnica é um tipo de análise de mercado que se concentra nos movimentos de preços passados de um ativo, geralmente com a ajuda de gráficos e outras ferramentas de análise de dados.

Com informações históricas de preços em mãos, os traders podem observar diferentes timeframes e padrões e, assim,  prever os movimentos futuros desse ativo – observando níveis de suporte e resistência com base em médias móveis e usando-os para entrar e sair das operações.

Análise técnica é uma companheira inseparável do scalper.

Se a leitura de fluxo oferece uma leitura minuciosa do que está ocorrendo no mercado em tempo real, a análise técnica ou “análise gráfica” é o que vai proporcionar identificação de tendências. O scalping só é realmente eficiente com uma boa interpretação da movimentação do fluxo. É uma condição mais própria do analista do que do operador.

Em contrapartida, a análise fundamentalista geralmente envolve o uso das demonstrações financeiras de uma empresa, modelos de fluxo de caixa descontado e outras ferramentas para avaliar o valor intrínseco de uma empresa. A compreensão do valor real de uma empresa pode ajudar os operadores a gerenciar riscos e sair de posições longas no momento certo.

Os scalpers podem negociar notícias ou eventos que afetam drasticamente o valor de uma empresa imediatamente após o seu anúncio. Em alguns casos, eles usam a volatilidade de curto prazo para abrir posições, mas eles se concentram principalmente em gráficos técnicos.

Como estes gráficos indicam o que ocorreu no passado, eles perdem valor à medida que o horizonte de tempo aumenta, o que torna a análise técnica mais adequada à natureza de curto prazo do scalpaing.

Os scalpers podem ser tanto traders discricionários quanto sistemáticos. Os scalpers discricionários tomam decisões com base nas condições do mercado, e cabe ao trader decidir os parâmetros de cada trade (tempo, metas de lucro, etc.).

Scalpers sistemáticos confiam pouco em seu próprio instinto e, em vez disso, utilizam “softwares” que automatizam estratégias de scalping e abrem operações sem decisões individuais. Quando o programa vê uma oportunidade de scalping, ele faz uma operação sem esperar que o trader avalie os detalhes particulares desta negociação.

Observe um book de ofertas e um Times and trades de um determinado ativo. Você consegue visualizar que muitos robôs HFTs (high-frequency trading) compram e vendem incansavelmente, muitas vezes aproveitando o spread entre o bid ask e o bid sell.

Scalping vs. Day Trading

ScalpingDay Trading
É sempre um day tradingPode ou não utilizar técnicas de scalping
Entre 10 – 20 Operações diárias 1-5 operações diárias
Busca por pequenos movimentos do mercadoBusca por movimentos maiores do mercado

Técnicas de Scalping – Aprenda Como elas Podem Te ajudar

Tendência – Você já ouviu o ditado que a tendência é sua amiga? Essa é uma das técnicas mais simples, de preferência utilize o gráfico de 2 ou 5 minutos. A média móvel de 20 ou 21 plotadas no gráfico irá servir de balizador para você fazer as suas entradas e saídas.

Em uma tendência de alta, quando o preço tocar na média móvel, é provável que haja um esforço dos compradores em impulsionar o preço para cima. Quando a tendência for de queda, os vendedores irão tentar impulsionar os preços para baixo.

Como fazer scalping

Notícias ou eventos – Anúncios do Banco Central, divulgação de taxas de juros, e o conhecido Payroll, nos Estados Unidos, são eventos que normalmente geram volatilidade no mercado. Durante um curto período após esses anúncios, aparecem ótimas oportunidades de se fazer scalping, principalmente no índice e dólar futuros.

Suportes e Resistências – Fique atento às máximas e mínimas do dia corrente e do dia anterior. Nessas regiões de preços é comum que exista briga entre compradores e vendedores tentando segurar o preço. Essas regiões oferecem a melhor oportunidade de scalping.

Range ou Consolidação – essa é uma região em que o preço costuma “andar de lado”, sem direção. O scalping nesse caso é feito comprando o ativo baixo e vendendo alto, vendendo descoberto alto e recomprando baixo. Regiões de consolidações apresentam ótimas oportunidades de trading.

Scalping na consolidação

 

Scalping, Scalper, Scalp – Entenda os Termos Técnicos

 

Fontes de pesquisa

Vantagens e Desvantagens do Scalping

Fique atento, nem tudo é um mar de rosas quando você utiliza essa técnica. Confira as vantagens e desvantagens dessa técnica.

Vantagens 

  • Poder se utilizar da volatilidade do mercado em determinados horários e logo após a divulgação de eventos econômicos;
  • Para quem é ansioso, o scalping pode ser uma excelente estratégia;
  • Diminuição do risco de ficar exposto por muito tempo no mercado;
  • Possibilidade de abrir várias operações durante o dia;
  • A soma de pequenos ganhos ao final do pregão pode ser bem significativa.

Desvantagens

  • Acionamento dos stops loss muito curtos;
  • possibilidade de perder a oportunidade de ficar posicionado durante uma tendência longa e perder movimentos mais promissores;
  • custos mais elevados com taxas de corretagem e emolumentos, o que podem subtrair uma parte substancial do seu lucro.
  • A busca por várias entradas e saídas pode confundir o trader, fazendo com que perca o foco do movimento geral dos preços na totalidade.

Qual melhor indicador para scalper?

Aconselho a utilização de médias móveis e se possível o livro de ofertas, times and trades e a VWAP.

CONCLUSÃO- Scalping é uma ótima técnica de trading, porém não é a única. Tenha em seu repertório algumas outras técnicas e táticas como price action, assim você não fica preso somente a buscar poucos pontos no mercado.

Artigo Anterior
O Que é FOREX e Como Funciona o Mercado de Câmbio

O Que é FOREX e Como Funciona o Mercado de Câmbio

Próximo Artigo
Bandas de Bollinger

O Que São as Bandas de Bollinger – Como Utilizar Esse Indicador de Volatilidade

Artigos Relacionados