O que é ROA : Retorno sobre o Ativo – Aprenda como Calcular

Avatar
Retorno Sobre o Ativo

ROA é um índice de desempenho gerencial utilizado por investidores para compara empresas e os fins de seus ativos. É um indicador para observar o uso que a administração faz dos ativos na geração de renda.

É importante entender como calcular o ROA para que, ao examinar o balanço patrimonial e as declarações de renda de uma empresa, você possa rapidamente usá-lo como um indicador de valor.

O Que é ROA (Return on Assets)

O termo ROA (Return on Assets) ou Retorno Sobre o Ativo,  indica o quanto uma empresa é rentável em relação ao total de seus ativos. O índice ROA demonstra quanto o gerenciamento de renda foi capaz de produzir a partir do valor em caixa dos ativos da empresa. Por esta razão, os investidores frequentemente usam esta relação para avaliar a administração da empresa.

O ROA é apresentado como uma porcentagem e é calculado dividindo os lucros anuais pelo total de ativos. Como muitas empresas sofrem grandes oscilações nos ativos durante um ano (particularmente aquelas cujo negócio é sazonal), o ROA é reportado como uma média dos ativos da empresa durante esse período de declaração.

Cálculo do retorno sobre os ativos

Os ativos da empresa são compostos por dívida e patrimônio líquido, dado que ambas as categorias de financiamento são usados para custear as operações da empresa. Quanto maior for o ROA, melhor, pois indica que a empresa está ganhando mais dinheiro com menos investimento.

Como a maioria dos índices financeiros, o valor real está na comparação dos índices de ROA de anos anteriores e com os concorrentes do setor. Um baixo índice de retorno sobre os ativos em comparação com as médias do setor indica o uso ineficiente dos ativos da empresa.

Como calcular ROA

Importância da medida ROA

Investidores experientes sabem que empresas bem administradas controlam seus principais investimentos,  procurando apenas aqueles que trazem retornos sólidos. A medida de retorno sobre os ativos, é uma forma de determinar, como a empresa toma decisões no gasto do dinheiro de seus ativos adicionais.

Um ROA alto é considerado melhor do que um ROA baixo. Entretanto, você deve ser cauteloso ao usar esta relação. Os ROAs não podem ser comparados entre setores, e às vezes não podem ser usados para comparar negócios no mesmo setor. Isto porque cada empresa opera e administra seus ativos de maneira diferente.

roa significado

Retorno sobre o patrimônio X Retorno sobre o patrimônio líquido

A grande diferença entre ROA e ROE (retorno sobre o patrimônio líquido) é a dívida da empresa. Para uma empresa sem dívidas, o patrimônio líquido de seus acionistas e seus ativos totais são os mesmos, o que significa que ROA e ROE também são iguais.

Qual a diferença entre ROA e ROE?

A forma como a dívida de uma empresa é considerada, é a principal diferença entre esses indicadores. Na ausência de dívida, o patrimônio líquido e o ativo total da empresa são iguais. Porém, se essa empresa assumir uma alavancagem financeira, seu ROE subirá acima de seu ROA.

Ao contrair dívidas uma empresa aumenta seus ativos graças ao dinheiro que entra no caixa. Como o patrimônio líquido é igual aos ativos menos a dívida total, uma empresa diminui seu patrimônio líquido aumentando o endividamento. Em outras palavras, quando a dívida aumento o patrimônio diminui, e como o patrimônio líquido é o denominador do ROE, este recebe um impulso.

O que é um ROA bom?

Independentemente do método utilizado, o resultado obtido será uma taxa percentual de retorno. Em geral, um ROA bom é acima de 5%. Um retorno sobre os ativos em 20% indica que a empresa produz R$1 de lucro para cada R$5 que investe em seus ativos.

Você pode observar que o ROA fornece uma rápida indicação se a empresa continua obtendo lucro crescente sobre cada Real de investimento. Investidores esperam que uma boa administração se esforce para aumentar o ROA, de modo a extrair um lucro maior de cada Real dos ativos à sua disposição.

O que é um ROA ruim?

Um ROA em queda é um sinal evidente de problemas, especialmente para empresas em crescimento. A busca pelo crescimento das vendas implica grandes investimentos iniciais em ativos, incluindo contas a receber, inventários, equipamentos de produção e instalações.

Uma queda nas vendas pode deixar uma organização sem recursos em ativos, o qual não pode vender para pagar suas contas. O resultado pode ser um desastre financeiro.

Leia também

Artigo Anterior
Passos para se tornar um trader de Forex

Como se Tornar um Trader de Forex e Lucrar Com o Mercado de Câmbio em 2021

Próximo Artigo
AMD GPU RX 67000 XT

AMD Anuncia Sua Nova Placa de Vídeo de Alta Performance Para Rivalizar Com a Nvidia

Artigos Relacionados