Os Princípios Básicos Do Trading – Como se Tornar um Trader em 2021

Avatar
operando day trading

O trading é considerado umas das atividades mais complexas do mundo, por isso o mercado concentra algumas das mentes mais bem preparadas da atualidade. Poucas áreas possuem essa característica. Para comprovar isto, basta fazer uma breve análise sobre quem atua no mercado.

Encontramos engenheiros, médicos, psicólogos, publicitários, matemáticos, economistas, administradores, etc. Além, de vários outros profissionais que deixaram suas atividades para se tornarem traders e viverem de operações no mercado.

Primeiros Passos Para Um Trader Iniciante

Você já parou para se perguntar porque a Bolsa consegue absorver pessoas com perfis tão distintos? Na bolsa de valores estão presentes todas as frentes da economia; desde empresas de serviços até fabricantes de bens de consumo, passando por produtores de commodities e elementos da economia administrados pelo Banco Central, como, por exemplo, câmbio e juros.

É justamente essa complexidade que torna o mercado tão atraente e ainda evidencia um fato que é praticamente imperceptível para um trader iniciante – qualquer pessoa tem condições de desempenhar bem no mercado. Ele é dinâmico o suficiente para que cada um exerça a individualidade a seu favor. No Brasil, também é conhecido como operador (aquele que faz operações financeiras).

O que é um Trader?

Nos mercados financeiros, um trader é alguém que compra e vende ativos, incluindo ações, títulos, commodities e moedas. O trader ganha dinheiro realizando operações no curto prazo, muitas vezes se aproveitando da volatilidade do mercado.

O papel é semelhante ao de um corretor, mas os traders geralmente agem por conta própria, enquanto os corretores agem em nome de seus clientes.

Quem pode se tornar trader?

Qualquer pessoa pode se tornar um trader. É claro que, na prática, essa profissão é mais difícil do que parece, exigindo um conhecimento profundo do mercado financeiro e suas estruturas.

Um dos grandes diferenciais de um bom trader, é aquele que desempenha acima da média. Ele encara a sua atividade como uma profissão, independente se de fato essa é a sua única atividade financeira. Para se tornar um trader acima da média, é preciso pensar como um “trader acima da média”. Ele deve pensar em rotinas e procedimentos, ferramentas, especializações, etc.

Os administradores de times pensam que seu objetivo é comprar jogadores. Seu objetivo não deveria ser esse, deveria ser comprar vitórias. E, para comprar vitórias, você precisa comprar pontos!”- Filme o Homem que Mudou o Jogo

Estratégias de Trading

Existem vários tipos de traders, que utilizam diferentes estratégias de negociação, entre elas:

  • Scalping ou micro trading – Um scalper faz inúmeros (de dezenas a centenas) negócios diariamente, tentando lucrar um pouco em cada operação.
  • Trading de momentum – Os traders de momentum (momento) se concentram em ativos que se movimentam significativamente em uma direção com alto volume. Eles tendem a capturar o momento e lucrar com isso.
  • Trading técnico – Os traders técnicos se concentram em gráficos e padrões de preço. Eles utilizam diferentes indicadores técnicos e analisam os gráficos, procurando sinais de compra ou venda.
  • Trading fundamentalista – Esses traders se concentram na análise fundamentalista, e examinam eventos corporativos, antecipando relatórios de ganhos, fusões e aquisições, reorganizações, que podem afetar o preço de uma ação.
  • Swing trading – Os traders de Swing frequentemente mantêm suas posições por vários dias, semanas e até meses, tentando aproveitar uma tendência. Eles utilizam a análise técnica para buscar ações com momentum de preços a curto prazo.

 

Como se tornar um trader

 

Por onde começar para tornar-se um trader?

Um trader pode trabalhar para uma instituição financeira, onde ele negocia com o dinheiro da empresa por um salário e um bônus. Mas, um operador também pode negociar por conta própria, usando seu próprio dinheiro, mas também mantendo todos os lucros. Todo trader que pretende se aventurar no mercado financeiro precisa desenvolver um “trading program” baseado em três fatores importantes: definição da tendência, timing e gerenciamento patrimonial.

Fatores Básicos do Aprendizado de Um Trader

Os 3 Fatores Básicos do Aprendizado de Um Trader

  • A definição de uma tendência é o primeiro passo para que o trader possa decidir operacional. Conhecendo a tendência é possível saber se o trade (operação) será comprador ou vendedor, ou até mesmo, nenhuma das duas opções quando o mercado está lateralizando (consolidação). Identificando de forma errada a tendência, dificilmente as próximas etapas permitirão que a operação seja vencedora.
  • As técnicas operacionais ou o timing tem a função de identificar o momento preciso de entrada e saída do mercado. Muitas vezes, o operador pode ter identificado corretamente a tendência do mercado, mas devido a um “timing ruim”, não consegue fechar uma operação com lucro. O timing é de natureza totalmente técnica, ou seja, até mesmo um operador orientado pela análise fundamentalista, precisaria utilizar os instrumentos técnicos se quisesse definir os pontos de entrada e saída.
  • O terceiro fator, é sem dúvida, o mais importante, consiste na gestão patrimonial. Por gestão do patrimônio entendo o acompanhamento das seguintes áreas: formação de um portfólio, diversificação, escolha do capital a ser investido ou colocado em risco em cada tipo de mercado, o uso dos stops, o manejo de risco, o controle psicológico após momentos de sucesso, insucesso e a definição do perfil (agressivo ou conservador) do trader/investidor.

como se tornar um trader

Resumindo, podemos afirmar que definindo a tendência, o trader sabe o que fazer (comprar ou vender), o timing o ajuda a decidir quando comprar e a gestão patrimonial determina como posicionar a operação.

Depois de alguns anos operando no mercado e principalmente após conhecer inúmeros operadores técnicos, posso afirmar que nunca encontrei um trader que tenha tido sucesso sem utilizar com eficiência o gerenciamento patrimonial. É muito fácil encontrar consultores, treinamentos e cursos sobre análise técnica que ensinam como identificar a tendência e técnicas operacionais de timing. Difícil, aqui no Brasil, é ter acesso a material de qualidade sobre como gerir o capital destinado à renda variável.

O ponto crucial do gerenciamento patrimonial é permitir que o trader, através de uma expectativa positiva criada por instrumentos técnicos, sobreviva no mercado por um longo período.

Para aqueles que pretendem se tornar traders de Forex, recomendo a leitura desse artigo; O Que é FOREX e Como Funciona o Mercado de Câmbio.

O Fascínio do Day trade – A Porta de Entrada da Maioria dos Traders Iniciantes

operador de day trading

É inegável que com a recente volatilidade da bolsa de valores, os traders se sintam entusiasmados em fazer operações de daytrading.

Afinal de contas quando vemos o Índice Futuro do IBOVESPA variar mais de 4000 pontos em apenas um dia, a mão começa a coçar e não queremos ficar de fora desta festa. Também queremos participar, nem que seja através de míseros pontos no mini, desta oscilação toda.

Talvez por este motivo, entramos no mercado acreditando que fazer daytrade é fácil e que algumas noções de análise técnica são suficientes para obter sucesso.

Na maioria das vezes, o day trader inicia suas operações de maneira eufórica, e esse é um dos maiores erros dos iniciantes na bolsa de valores. Sem dúvida esse otimismo o ajuda a manter a confiança, a serenidade e a esperança ante as incertezas. Contudo, quando lidamos com investimentos, o otimismo exagerado pode ter efeitos perversos sobre o processo decisório quando alimenta expectativas irrealistas ou se leva o investidor a ignorar riscos relevantes.

Um bom exemplo deste aspecto, é o descuido do trader com os custos inerentes ao excesso de transações. Muitas vezes os investidores assumem riscos na busca por retornos acima de um benchmark e o custo da corretagem acaba corroendo os ganhos.

Estudos comprovam que os operadores que tem um giro médio anual acima de 100% de suas carteiras obtém um desempenho abaixo do benchmark (no caso, um índice do mercado local).

É claro que existem casos de traders/scalpers de curtíssimo prazo que obtém sucesso no mercado. Mas me parece inquestionável que o retorno deles está muito mais atrelado a capacidade psicológica de respeitar um plano de trading que tenha uma expectativa positiva comprovada por backtesting, do que na própria estratégia.

De qualquer forma, a não ser que você trabalhe para uma corretora e receba um bom comissionamento por transações efetuadas, na maioria das vezes o excesso de iniciativa do trader tem um custo não desprezível para a carteira de aplicações.

Recomendo o canal do Gomes da Costa Trader. Um trader experiente e que tem muito conhecimento para compartilhar.

Leia também

Como se tornar um trader profissional?

Acompanhe essa série de 5 videos onde Alexandre Wolwacz “Stormer” dá dicas incríveis de como se tornar um trader profissional.

 

Conclusão:

  • Day traders se envolvem ativamente com o mercado, empregando estratégias intradiárias para lucrar com as rápidas mudanças de preços em uma determinada segurança.
  • Para se tornar um day trader, você deve ter certeza de estar bem capitalizado e ter acesso a uma plataforma de negociação acessível e funcional.
  • O day trading pode ser um empreendimento lucrativo, mas também vem com um alto grau de risco e incerteza.
  • Um entendimento completo dos mercados, dos títulos financeiros e das finanças comportamentais – com disciplina pessoal e foco – é necessário para o sucesso.
  • Tratar o trading como um negócio, não como um passatempo ou um trabalho. Aprenda tudo sobre o negócio.
  • Estabeleça expectativas realistas para o seu negócio.
Artigo Anterior
Diferença do investidor para o torcedor

Diferença do investidor para o torcedor

Próximo Artigo
Medo e Ganância na Bolsa de Valores

Medo, Ganância e Investimentos

Artigos Relacionados