Como Operar Rompimentos de Suportes e Resistências – Estratégias em 2021

Como operar breakouts

Se você é trader, investidor ou planeja ser um, com certeza já ouviu esse conselho: Compre suporte e venda resistência. Ele é válido, mas, o que acontece quando o preço entra em tendência e rompe esses patamares? Se você seguiu o conselho que mencionei, com certeza vai acionar o stop e sair da operação com prejuízo.

Operar rompimentos é uma ótima estratégia. Porém, existe sempre o risco do movimento falhar, e você ser “stopado“, no que é conhecido como falso rompimento. Mas, então qual é a melhor estratégia a seguir, operar ou não operar “breakouts“?

Nesse artigo, você vai aprender como operar rompimentos, qual o conceito por trás desses movimentos, como identificá-los e como desenvolver uma estratégia operacional que seja lucrativa e com baixo risco. Leia até o final e você sairá mais confiante para operar rompimentos.

O que é rompimento de preço na Bolsa de Valores?

Rompimentos no mercado de ações ocorrem quando o preço de um ativo supera um determinado nível de suporte ou resistência, geralmente com um aumento de volume. Esses movimentos costumam gerar volatilidade, atraindo novos participantes e podem ser o início de uma nova tendência.

Jack Schwager, no livro “Unknown Market Wizards” define rompimentos assim;

Um rompimento é um movimento de preços acima ou abaixo de uma faixa negociada anteriormente (movimento lateral dos preços) ou um padrão de consolidação (por exemplo, triângulo, bandeira, etc.). É a indicação de uma provável tendência na direção do rompimento.”

Então, você entendeu que quando o preço “rompe” determinadas áreas de negociação, ele costuma entrar em tendência.

Rompimentos em geral acontecem em um nível psicológico de preços;

  • Suportes e resistências
  • Linhas de tendência
  • Canais
  • Médias móveis
  • Padrões gráficos
  • Níveis de Fibonacci
  • Números redondos
  • Pontos de Pivô

Uma das razões pelas quais os rompimentos movem o preço rapidamente, é que as áreas em torno dessas regiões são monitoradas por muitos participantes do mercado. Quando um dos lados é capaz de empurrar o preço, o outro lado terá que cobrir suas posições rapidamente, o que causará movimentos bruscos de preço.

Conceito de suporte e resistência

Suportes e resistências são níveis de preço bem conhecidos na análise gráfica e merecem uma atenção especial. Basicamente, são regiões do gráfico onde compradores e vendedores se encontram e travam literalmente uma batalha. É esperado que haja uma pausa na tendência ou uma possível reversão do preço. É a lei de oferta e demanda em sua plenitude máxima.

 

operar rompimento de suporte e resistência

 

Exemplo: máxima do dia anterior. É uma resistência de curto prazo, porém, é uma região muito importante do gráfico, principalmente para os scalpers e day traders. Quando o preço chega próximo desse nível, os vendedores abrem posições de venda (a descoberto), e tentam reverter o movimento de alta empurrando o preço na direção contrária, forçando os compradores a saírem de suas posições. Já os compradores realizam uma parte de suas posições, e/ou tentam empurrar o preço acima desse nível, forçando os vendedores a liquidarem suas posições.

Níveis de resistência

Como você pode observar no gráfico acima, a máxima do dia anterior foi uma região em que a oferta superou a demanda, logo, os ursos (vendedores) venceram os touros (compradores).

O mesmo acontece em máximas e mínimas dos principais tempos gráficos maiores; diários, semanais, mensais, etc. Sempre há disputa nesses níveis. Concluímos então, que suporte é um piso para o preço e resistência, um teto.

Enquanto os preços se mantiverem em uma faixa de negociação que respeita suportes e resistências, dizemos que o preço está em range (lateralidade).

Range – o período pré – breakout

Características do preço em range ou lateralidade:

  • Range é uma fase do mercado em que os preços “andam de lado“, onde existe um equilíbrio entre vendedores e compradores. É uma faixa de preço geralmente compacta e linear.
  • Na fase de congestão o mercado está buscando fôlego antes de iniciar uma nova movimentação.
  • Como a volatilidade contrai durante períodos de range, ela normalmente se expandirá após o preço iniciar uma tendência. Você pode utilizar o indicador bandas de Bollinger ou o canal de Keltner para observar períodos de contração e baixa volatilidade onde o “mercado se arrasta“.

 

bollinger bands

Já sabemos que antes de um rompimento, os preços se movem de lado, a volatilidade diminui, e há um equilíbrio entre oferta e demanda. E o que acontece quando essa fase chega ao fim? Rompimento!

Como identificar rompimentos?

É fácil identificar um rompimento; o suporte ou a resistência foi violada, houve aumento da volatilidade, o volume negociado aumentou e o preço entra em tendência a favor do rompimento.

Como operar rompimentos

Características de um rompimento

  • Aumento de volume – em rompimentos de força, há a entrada de novos participantes que acreditam que o preço está iniciando uma tendência.
  • Liquidez – Demonstra o interesse dos participantes em abrir posições de compra ou venda.
  • Confirmação do movimento – Não é uma regra, mas é esperado que o preço faça um teste de confirmação no nível rompido.

Como operar Rompimentos

Nenhuma estratégia operacional é 100% eficaz, porém existem certos parâmetros que são usados para confirmar um rompimento. Nosso objetivo é diminuir o risco da operação, aumentando nossas probabilidades de obter lucro.

  • Em níveis de suporte, procure por velas fechando nas suas mínimas ou com pouco pavio nas extremidades.

Após a violação do suporte, os vendedores pressionaram o preço para baixo com êxito? Uma maneira simples de observar a pressão é olhando o fechamento do candle. Se houver pouco pavio na extremidade, é um bom sinal.

  • Em níveis de resistência, procure por velas fechando nas suas máximas ou com pouco pavio nas extremidades. 

O mesmo argumento utilizado acima, também vale aqui.

  • Em violações, o movimento não pode retornar à região anterior. Esse é o mais importante, preste muita atenção.

É comum, e até esperado, que o preço faça um teste no nível rompido. Se era um suporte, agora ele se torna uma resistência e vice-versa, certo? Se o preço retorna para a zona de congestão, isso significa um breakout que falhou -um falso rompimento. Observe na imagem abaixo, que após o preço romper o nível de suporte, ele (candle verde) retornou próximo a “nova resistência” . Porém a oferta foi maior e o preço acelerou no movimento de baixa.

breakout ou rompimento
exemplo de rompimento bem sucedido

 

  • Observe um aumento significativo no volume após o breakout.

É importante você adicionar o indicador volume de negócios junto ao seu gráfico, pode ainda integrar uma média móvel para analisar picos de volume.

  • Utilize as bandas de Bollinger – Observe a abertura das bandas em direção ao breakout.

As Bandas de Bollinger são um indicador interessante para observar o aumento da volatilidade pré e pós rompimento.

 

Estratégias operacionais de Rompimentos

Irei abordar 3 estratégias de rompimento que considero as mais comuns e lucrativas. Antes do trader abrir qualquer posição, a primeira coisa que ele deve saber é: onde estará o meu stop loss caso a operação falhe. O gerenciamento de risco é talvez mais importante que a operação em si.

Rompimento de range e entrada no Pullback.

Essa técnica é a mais conhecida – após o movimento do suporte ou da resistência, esperamos por um pullback (correção) do preço até o nível rompido. Caso o preço não teste o nível rompido, aguarde por uma entrada na violação do pivô. Coloque o stop loss logo acima da máxima ou mínima mais recente.

Se quiser saber mais como operar correções, preparei um artigo a respeito – Como Operar Pullbacks

Rompimentos de continuação

São violações de padrões gráficos, como bandeiras e triângulos. Após o rompimento, aguarde a formação de um pivô de alta, confirmando que o breakout é válido. Coloque o seu stop loss em um local adequado, como, por exemplo, logo abaixo do fundo mais recente.

Breakout de Canais

O breakout de canal acontece quando o preço extrapola a borda do canal (faixa de preço em tendência). Canais tendem a gerar excelentes entradas, tanto na venda quanto na compra. Portanto, fique atento ao retorno do preço para dentro do canal, isso sinaliza um falso rompimento.

Como operar rompimento de canal

Cuidados ao operar rompimentos

  • Podem ser subjetivos, já que nem todos os traders reconhecem, ou usam os mesmos níveis de suporte e resistência.
  • Movimentos com alto volume mostram convicção e interesse. Portanto, a probabilidade é grande que o preço continue se movendo na direção do rompimento.
  • Movimentos com baixo volume são propensos a falhar e, de evoluírem na direção do rompimento.
  • Tenha definido uma entrada, um alvo (pode ser uma extensão de Fibonacci) e o seu stop loss em caso de falhar o movimento.

Como a maioria dos traders, você já sentiu o gosto amargo de operar um rompimento e, em seguida, o mercado reverter e acabar te stopando. Você tinha certeza que iria romper; média móvel apontando para cima, velas fechando próximo de suas máximas, era o setup perfeito para um rompimento, e de repente, um movimento de trap!

O que é Falso Rompimento?

Falso rompimento é a violação momentânea de um nível de suporte ou resistência que é rapidamente rejeitado. Um falso breakout revela que não há interesse de compra suficiente para continuar empurrando o preço acima da resistência. Do mesmo modo, revela que não há interesse de venda suficiente para continuar empurrando o preço abaixo da resistência.

A maioria das tentativas de rompimento falham. Falsos “breakouts” são comuns e inevitáveis. E, com o tempo, eles falham a um ritmo mais elevado, à medida que os mercados se modernizam e se tornam mais eficientes.

Como operar falso rompimento

O que realmente acontece é que traders amadores se apressam em abrir posições antecipadas em movimentos de breakout e são varridos do mercado pelos jogadores maiores, os “big players“.

Um falso rompimento pode ser classificado quando um preço retorna à faixa de negociação anterior (range) e tende a iniciar um movimento de força contrário ao movimento do breakout. Pode acontecer instantaneamente após um preço penetrar um nível importante ou após formar um padrão de até 4 velas além desse nível.

Este movimento é chamado de armadilha de touro/urso. Os padrões de reversão, próximos de um nível de “rompimento“, tendem a dar dicas confiáveis de que o movimento falhou.

O que é trap ou armadilha no trading?

Trap ou armadilha acontece quando traders menos experientes e mais afoitos, são “seduzidos” por um falso movimento. Eles compram o topo e vendem o fundo acreditando que dessa vez o movimento irá se concretizar. Como o movimento é fracassado, os operadores estão “presos” em uma “armadilha” e são obrigados a liquidarem suas posições com perdas.

  • Bull trap = Armadilha de Touro
  • Bear trap = Armadilha de Urso

Se há uma coisa que o mercado adora fazer é enganar. Observe que muitas vezes ele faz que vai para um lado, para depois ir para outro lado. É como o drible da vaca no futebol.  Se você utiliza stop loss muito curto, a probabilidade de ser “tirado” do trading é grande.

Como Operar Falso Rompimento

  • Abra uma operação contrária ao breakout  – se você perceber um padrão de reversão e/ou que o volume é baixo, há uma excelente oportunidade de trading.
  • Aguarde o retorno e fechamento de pelo menos uma vela na que foi violada.
  • Coloque uma ordem de stop loss acima do topo ou abaixo do fundo mais recente.
  • Procure por alvos menores, operações de scalping são recomendadas.
  • Um alvo possível para esta operação, é justamente o nível oposto do rompimento. Na falha de breakout de suporte, o alvo é a resistência e vice-versa.

 

breakout trap
Falso rompimento da máxima do dia anterior

Falsos rompimentos tendem a gerar forte movimento contrário, na direção oposta à tentativa de breakout. Isso acontece pelo acionamento do stop loss daqueles que acreditaram na sequência do movimento e foram obrigados a fecharem suas posições.

Como Operar Rompimentos – Como André Machado, o Ogroo de Wall Street


Quais os sinais de um rompimento bem-sucedido?

Os melhores rompimentos costumam ocorrer em níveis de suporte ou resistência muito claros e bem definidos. Estes são níveis de muita oferta e demanda e, quando rompidos, levam a um frenesi de compra ou venda. Precisamos ser capazes não só de identificar estes níveis importantes, mas também identificar o comportamento de um ativo antes que ele rompa um nível importante.

O que é um breakout trade?

Uma breakout é quando o preço de uma ação se move fora de um suporte definido ou nível de resistência com aumento de volume. Um trader em breakout entra com uma posição de compra após o preço da ação romper acima da resistência ou entra em uma posição de venda após o preço da ação romper abaixo do suporte.

O que é Power breakout?

Após um forte movimento de tendência, é comum que o preço entre em range por um período. O power breakout é quando as médias móveis vão em direção ao preço e forçam a continuidade do movimento de tendência, seja ele de alta ou baixa. Nesse caso, há um rompimento de range pelas médias móveis.


Fontes de pesquisa

Resumo

  • O mercado está em constante mudança. Ele altera de consolidação para tendência e vice-versa. Quanto mais ele permanece em consolidação, mais difícil é que ele saia dessa zona.
  • Procure por mudanças no comportamento do preço, especialmente próximo de suportes e resistências.
  • Observe se o volume de negócios está aumentando ou diminuindo. Se estiver aumentando existe a possibilidade da violação acontecer. Se estiver diminuindo, é sinal de fraqueza do movimento, e uma possível reversão está para acontecer.
  • Se houver a violação de um nível importante de preço, observe como o mercado reage,  se existe liquidez confirmando o movimento.
  • Não perca tempo apenas procurando o setup ideal. Concentre-se na gestão de risco.

Bons trades e sucesso!

Artigo Anterior
Entendendo os gráficos Bolsa de Valores scaled

Entendendo os Gráficos e a Mente Humana

Próximo Artigo
The Xbox Series X dimensões

Conheça o Novo Xbox Series X

Artigos Relacionados