Medo, Ganância e Investimentos

Avatar
Medo e Ganância na Bolsa de Valores

Costuma-se dizer que o mercado é movido por dois sentimentos: medo e ganância. Ainda que isso seja uma generalização, em muitos momentos tais sentimentos são os principais determinantes da performance dos mercados. No entanto, deixar-se levar por essas emoções pode ter um efeito profundo e comprometedor sobre seus investimentos.

No tocante à ganância, a maioria deseja obter o máximo de retorno no menor tempo possível. O “boom” da internet no final da década de 90 é um exemplo perfeito dentre vários outros observados corriqueiramente no mercado.

Naquele momento, qualquer empresa com a denominação “.com” ou alguma relação, ainda que tênue, com um modelo de vendas pela internet, era suficiente para despertar o desejo de investidores e disparar ordens de compras.

Esse desejo por ganhos rápidos alimentou uma ganância ainda maior, levando a grosseiras sobrevalorizações de preço dessas ações. Como mais cedo ou mais tarde, os fundamentos financeiros têm que prevalecer, em meados de 2000, a bolha estourou e seus efeitos sobre a economia se propagaram ao longo de 2001.

Como Ter disciplina em Meus Investimentos?

Para o investidor que busca ter disciplina em seus investimentos como forma de obter consistência de resultados, esses períodos onde a ganância impera, tendem a ser prejudiciais, uma vez que tornam difícil manter o foco nos fundamentos, no rebalanceamento de posições e na manutenção de um planejamento de investimentos.

Assim como a ganância, o medo pode se tornar o sentimento predominante. O investidor é tomado por uma desagradável sensação de angústia e perigo.

Quando passamos por períodos sustentados de perdas, o mercado começa a temer que perdas adicionais possam ocorrer em breve. Medo em excesso pode ser tão prejudicial para a carteira de investimentos quanto a ganância.

Da mesma forma como a ganância domina o mercado durante a formação da uma bolha especulativa (como a observada no mercado imobiliário americano entre 2001 e 2007), o mesmo pode ser dito quanto ao medo que imperou na sequência.

Como forma de limitar perdas, os investidores moveram-se rapidamente de ativos de risco para aplicações mais seguras, como fundos de renda fixa e capital protegido. Esse êxodo de recursos demonstrou falta de compreensão com relação às bases de um plano de investimentos, uma vez que os instrumentos que receberam os recursos sacados têm baixíssima chance de recompor ao longo do tempo as perdas observadas no mercado acionário.

Leia também…

Guia de Planejamento financeiro e Como Investir Seu Dinheiro

Onde Investir em Tempos de Crise

Medo e Ganância na Bolsa de Valores

O investidor está preparado para o risco?

Todo debate sobre medo e ganância está relacionado ao nível de conforto dentro com o qual o investidor está disposto a viver. Quando o investidor tem seu nível de conforto ultrapassado em virtude de perdas ou instabilidade do mercado, ele se torna vulnerável às emoções descritas anteriormente, resultando geralmente em erros custosos.

Para o investidor pessoa física que fez uma análise detalhada de seus objetivos, limitações e tolerância ao risco como forma de definir uma alocação de recursos entre ativos de risco e ativos mais seguros, evitar o contágio do sentimento dominante no mercado é a melhor forma de prevenir-se contra os erros mencionados acima.

Qualquer que seja sua carteira de investimentos, é inevitável que em alguns momentos o mercado apresentará movimentos desfavoráveis em ao menos uma porção de seu portfólio. Contudo, manter a mão firme e não se deixar levar pelo sentimento predominante não é tão simples quanto parece.

Você é o responsável final pela performance de seus investimentos e o principal alvo de suas conseqüências. Manter um plano de investimentos sólido, monitorando e controlando as emoções existentes no mercado, não se deixando levar pelo sentimento predominante é crucial para o sucesso da carteira que corre risco na busca por um retorno potencial maior ao longo do tempo.

Artigo Anterior
operando day trading

Os Princípios Básicos Do Trading – Como se Tornar um Trader em 2021

Próximo Artigo
Entendendo os gráficos Bolsa de Valores scaled

Entendendo os Gráficos e a Mente Humana

Artigos Relacionados