Linhas de Tendências e Canais – Como Identificar as Tendências do Mercado

Avatar
Como operar linhas e canais de tendência

Linhas de tendência e canais são as ferramentas mais comuns da análise técnica para representar a direção do preço de um ativo. Saber a direção de uma tendência é poder surfar a onda a favor do mercado. Aumenta as oportunidades de sucesso e diminui os riscos da operação.

Linhas de tendências e canais são utilizados para:

  • Identificar e confirmar tendências;
  • Antecipar níveis de suporte e resistência.

Nesse artigo, vou explorar as principais características destas duas ferramentas.

O Que São Linhas de Tendência

Linhas de tendência, também conhecidas como trendlines, são padrões gráficos que representam a direção de uma tendência. Conectando 2 ou mais pontos importantes de um gráfico, a linha resultante é a própria linha de tendência.

As linhas de tendência conectam fundos significativos em uma tendência de alta e conectam topos significativos em uma tendência de baixa, criando níveis de suporte e resistência.

Isso significa que à medida que o tempo muda, o preço do suporte ou da resistência também muda. Por exemplo, em uma tendência de alta, o nível de suporte sobe à medida que o tempo avança. Do mesmo modo, em uma tendência de queda, o nível de resistência vai diminuindo à medida que o tempo avança.

Pense em linhas de tendências como linhas diagonais equivalentes às linhas horizontais de suportes e resistências. Estas linhas nos ajudam a identificar áreas com grande potencial de oferta e demanda, o que pode fazer com que o mercado desça ou suba, respectivamente.

Charles Dow teorizou que toda tendência é válida até ser revertida. Do mesmo modo, uma linha de tendência é válida até que haja um rompimento, caracterizando que o preço mudou de comportamento e reverteu.

Para que servem as linhas de tendência?

Servem como uma representação gráfica da direção do preço em uma tendência. Essas linhas indicam pontos de suporte e resistências em um gráfico de qualquer ativo. As linhas de tendências são utilizadas por traders para a tomada de decisão durante operações de compra e venda.

O que significa LTA e LTB?

LTA significa linha de tendência de alta, indicando que o preço segue fazendo fundos mais altos e topos mais altos. LTB significa linha de tendência de baixa, indicando que o preço segue fazendo topos mais baixos e fundos mais baixos. Ambas são linhas que indicam a direção do preço no tempo.

Como operar rompimentos de linhas de tendência?

Em uma tendência de alta, quando houver o rompimento da LTA procure por operações de venda. Em uma tendência de baixa, quando houver o rompimento da LTB procure por operações de compra. Em ambos os casos, espere por um movimento de confirmação do rompimento.

LTA – Linha de Tendência de Alta

LTA - trendline de alta

LTB – Linha de Tendência de Baixa

LTB - trendline de baixa

Como Traçar Linhas de Tendência Corretamente

Para traçar uma linha de tendência precisamos de dois pontos importantes no gráfico, dois fundos ou dois topos. Quanto mais pontos você conseguir unir, mais sólida será a linha de tendência.

 Linha de tendência é uma extensão de suporte e resistência projetada no futuro. 
  • Dois pontos são necessários, mas você notará frequentemente linhas de tendência que conectam três, quatro, ou mesmo cinco movimentos diferentes de mercado em um gráfico. Ao conectar pontos, estamos interessados apenas nas maiores movimentações do mercado;
  • Quanto mais o preço toca na linha de tendência e depois reverte, mais forte essa linha se torna;
  • Traçar linhas de tendência tem tudo a ver com encontrar uma zona de preço e observar se a tendência atual se mantém dentro dela;
  • Linhas de tendência que medem as oscilações para cima usam pontos de suporte, enquanto as oscilações para baixo usam pontos de resistência;
  • Tempos gráficos maiores sempre produzirão linhas de tendência mais confiáveis, portanto, comece com um time frame maior;
  • A maioria das linhas de tendência que você encontrar terá alguma sobreposição, da máxima ou mínimo de um candlestick. O importante é conseguir o máximo de toques possíveis sem cortar o corpo da vela;
  • Nunca tente forçar uma linha de tendência a se ajustar ao gráfico.

exemplo de tendência de alta

O Que São Canais de Tendências ou Trend Channels?

Canais de tendências são linhas diagonais paralelas que representam os pontos de suporte e resistência dinâmicos durante uma tendência. A linha superior determina uma área em que a demanda é maior que a oferta, e a linha inferior determina uma área em que a oferta é maior que a demanda.

Os canais de tendências são;

  • Canal de alta;
  • Canal de baixa;
  • Canal de Consolidação.

Os canais de tendência com inclinação negativa (para baixo) são considerados de baixa e aqueles com inclinação positiva (para cima) são considerados de alta. Já os canais sem inclinação e com linhas horizontais são considerados de consolidação.

Como operar canais de tendência

 

Em geral, a parte inferior do canal de tendência é considerada uma “zona de compra” enquanto a parte superior do canal de tendência é considerada uma “zona de venda”.

Como Traçar Canais de Tendências Corretamente

Para criar um canal de alta (ascendente), basta traçar uma linha paralela no mesmo ângulo que uma linha de tendência de alta e depois mover essa linha para a posição onde ela toca o topo mais recente. Isto deve ser feito em simultâneo, quando se traça a linha de tendência.

Para criar um canal de baixa (descendente), simplesmente desenhe uma linha paralela no mesmo ângulo que a linha de tendência de baixa e depois mova essa linha para uma posição onde ela toque o fundo mais recente.

Na construção de um canal de tendência, ambas as linhas de tendência devem ser paralelas uma à outra.

channel de baixa

Quando os preços atingem a linha inferior do canal, isto pode ser identificado como uma área de compra.

 

channel de alta

Canal de Consolidação ou Lateralidade

A característica de um canal de consolidação é quando os preços se movem de lado, é um período em que os mercados param, onde existe indecisão sobre o próximo movimento de preços. É uma área conhecida como acumulação e distribuição, onde os “big players” do mercado estão aumentando ou saindo de suas posições.

Canal de Lateralidade

Fontes de pesquisa
Trend Channels – https://www.babypips.com/learn/forex/trend-channels

The Ultimate Guide to Trendlines – https://www.warriortrading.com/trendlines/


Considerações:

  • O acompanhamento da tendência é uma das estratégias da análise técnica mais antiga que existe, inclusive, ela foi muito difundida por Jesse Livorme. A tendência ajuda a eliminar o ruído do dia-a-dia do mercado, em simultâneo, fornece ao trader entradas e saídas mais precisas.
  • As linhas de tendência trazem mais clareza aos ativos voláteis.
  • As linhas de tendências e canais não são de forma alguma uma ciência exata. Como qualquer outra estratégia de trading, não são perfeitas. Até mesmo o melhor setup pode ser frustrado pela aleatoriedade do mercado.
  • Operar linhas e canais tem tudo a ver com surfar a “onda da tendência” até que haja um rompimento. Elas facilitam o reconhecimento de áreas de suporte e resistência, o que reduz o estresse envolvido em encontrar pontos de entrada e saída.
  • Linhas e canais são “ferramentas na caixa de ferramentas“, possivelmente uma das melhores, tanto para operações de curto e longo prazo.
Artigo Anterior
Como Operar Correções

Como Operar Pullbacks – As Melhores Estratégias Para Operar Correções em 2021

Próximo Artigo
Passos para se tornar um trader de Forex

Como se Tornar um Trader de Forex e Lucrar Com o Mercado de Câmbio em 2021

Artigos Relacionados