Ferramentas Para Investidores

Avatar
Ferramentas Para Investidores

Para garantir um bom retorno em nossas operações no mercado de ações, necessitamos sempre estar atentos ao funcionamento da bolsa de valores. Os fatores que influenciam direta e indiretamente cada movimento, tanto para antecipar nossas decisões como para evitar perdas ao patrimônio financeiro investido.

Indicadores, osciladores e rastreadores

O investidor atento deve observar antes de operar quais são seus objetivos para incluí-los durante o investimento, definindo: tempo, quantia, limites de ganhos, posições de entrada e de saída, tipos de ações e quais empresas deseja investir e quantas ações comprar. Isso é o básico para começar a opera na bolsa de valores.

Gostaríamos de mencionar nesse texto a vantagem no uso dos indicadores, osciladores de tendência que funcionarão como ferramentas complementares do mercado, utilizando dados como volume e preço da ação, como também força da tendência, pontos de reversão e momentos decisivos.

Indicadores – são ferramentas auxiliares do mercado que usam fórmulas matemáticas baseadas na precificação de um ativo e seu volume. Foram inventados por estudiosos do mercado para interpretar os sinais emitidos pelo mercado. Essa ferramenta ajuda o investidor a compreender momentos de compra e venda, apresentando momentos mais interessantes para se fazer um negócio.

A maioria dos rastreadores existentes no mercado são divididos em 3 partes como: rastreadores, osciladores e mistos.

Rastreadores – os rastreadores tem por objetivo monitorar a tendência de um ativo, visualizando a coerência ou divergência entre o preço em relação a tendência monitorada, visando a identificação de divergências de força ou fraqueza. Geralmente os rastreadores são utilizados em gráficos de linhas, sendo que os mais utilizados pelos investidores são: médias móveis, OBV(on balance volume), MACD (Moving Average Convergence and Divergence), dentre outros.

Osciladores– os osciladores estão classificados assim por medirem as oscilações dos preços em uma tendência seja de alta ou de baixa, indicando possíveis pontos de reversão que o preço pode assumir. Geralmente vem representados em gráficos de linhas e indicam pontos de sobre compra e sobre venda.

Quando os preços se encontram nessas zonas marcadas pelo indicador há uma grande chance de reversão dos preços atuais. As zonas de sobre compra e sobre venda reforçam a chance de ocorrerem divergências nos movimentos da tendência. Os mais conhecidos osciladores e utilizados pelos investidores são: IFR, Estcástico, Williams %R, dentre outros.

Mistos– os indicadores dessa classe são usados para acompanhar o comportamento de um grupo de ações e seus movimentos. Geralmente são mais utilizadas para compreender o consenso dos investidores sobre um índice como IBOVESPA, formado por uma carteira de ações, ou mesmo um setor específico do mercado em relação a expectativas, direcionamentos, projeções etc. Os tipos mais utilizados são: LAD, Clímax e New High e New Low – Novas Máximas e Novas Mínimas.

Entenda a importância dos rastreadores como ferramentas complementares da análise técnica, garantindo melhor auxílio no estudo dos ativos com melhor perspectiva de retorno.

O analista poderá ter melhores condições de decisão no mercado de ações, baseando-se nos sinais apresentados pelo próprio mercado.

Artigo Anterior
Quem será você no Mercado 1

Os Atores do Mercado Acionário

Próximo Artigo
investindo em letras de crédito imobiliário 1

INVESTINDO EM LETRA DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO – LCI

Artigos Relacionados